Analytics para desenvolvedores WordPress

analytics-desenvolvedores-wordpress-topo

Se você é um desenvolvedor e por norma faz desenvolvimento de plugins WordPress ou desenvolvimento de templates WordPress, provavelmente uma das coisas que mais gostaria de ver integrada nos seus projetos, seria um Analytics que lhe permitisse analisar quantos usuários estão usando os seus temas ou plugins. Embora seja possível fazer isso com alguns truques de PHP e JavaScript, isso na verdade não é necessário. O PressTrends é um aplicativo incrível usado pelas grandes lojas de temas wordpress, para monitorar o comportamento dos usuários que baixam os seus temas ou plugins. E o melhor de tudo: o PressTrends tem dois planos, um plano gratuito até 1000 sites, e um plano de US$12 por mês para mais de 1000 sites. Mesmo que os seus projetos sejam usados por dezenas de milhares de usuários, você apenas irá pagar US$12/mês pelo serviço Premium do PressTrends, que lhe dá a possibilidade de monitorar todos esses usuários e o comportamento deles junto do seu template ou do seu plugin.

O PressTrends é um aplicativo de analytics que o ajuda a compreender de que forma os seus Temas e Plugins WordPress são usados pelos seus usuários, oferecendo-lhe informações detalhadas sobre os sites desses usuários, as versões de WordPress que eles usam, quais os plugins mais populares e uma série de outros aspectos técnicos que o poderão ajudar ao longo dos seus desenvolvimentos. A juntar a isso, você consegue também monitorar o número de downloads e uso dos seus temas e plugins, em gráficos visualmente atrativos e de simples utilização.

Sites ativos e tempo de vida

Dentro do painel de controlo do PressTrends, você irá poder monitorar os sites que usam os seus temas e plugins por mês, o que lhe permite mensurar também determinadas tendências e tempo de vida dos seus projetos nas mãos desses mesmos usuários. Analisando corretamente o comportamento deles, você saberá concretamente o que fazer para evitar que os seus temas ou plugins sejam desativados tão rapidamente, e procurar novas soluções para atrair o seu público para o uso dos seus projetos.

Identificar opções mais usadas

Para temas que fazem uso de plugins de terceiros, é importante você perceber quais os plugins que os seus usuários mais usam em cima dos seus temas, correto? Com o Core Metrics do PressTrends, você pode saber em tempo real quais os plugins mais usados em conjunto com os seus temas, e perceber quais as funcionalidades que os usuários mais procuram, e então desenvolver essas funcionalidades diretamente nos seus templates. Para plugins, você poderá saber quais os temas que estão sendo usados com eles, e ganhar alguns insights importantes que o poderão ajudar no design front-end dos seus próprios plugins, oferecendo aos usuários as opções que eles mais procuram.

Melhorar o suporte no futuro

Com o Core Metrics, do PressTrends, você pode visualizar a quantidade de artigos, comentários e até as versões dos seus temas e plugins, bem como as versões do WordPress que são mais usadas pelos seus usuários. Este tipo de informação é uma excelente forma de você melhorar o seu suporte no futuro, e construir melhores temas e plugins, baseado na experiência recolhida a partir do comportamento dos seus usuários. Se a grande maioria dos seus usuários nunca faz atualizações aos seus temas, você provavelmente irá necessitar de encontrar uma estratégia que lhe permita manter os seus usuários mais atualizados, por exemplo.

Integração

A integração do PressTrends nos seus temas e plugins está toda ela documentada na página do PressTrends. Ao nível de temas estamos a falar apenas de algum código que deve ser incluído no ficheiro functions.php do template, e que permitirá a você monitorar todos os comportamentos, plugins, versões, etc. As integrações são bem simples de realizar, e está disponível também uma API básica de integração. Se você é desenvolver, certamente irá dar-se bem com as instruções fornecidas pela equipe do PressTrends! Exemplo:

<?php
// Start of Presstrends Magic
function presstrends() {

// PressTrends Account API Key
$api_key = ‘INSERT ACCOUNT API KEY’;

// Start of Metrics
global $wpdb;
$data = get_transient( ‘presstrends_data’ );
if (!$data || $data == ”){
$api_base = ‘http://api.presstrends.io/index.php/api/sites/update/api/’;
$url = $api_base . $api_key . ‘/’;
$data = array();
$count_posts = wp_count_posts();
$count_pages = wp_count_posts(‘page’);
$comments_count = wp_count_comments();
$theme_data = get_theme_data(get_stylesheet_directory() . ‘/style.css’);
$plugin_count = count(get_option(‘active_plugins’));
$all_plugins = get_plugins();
foreach($all_plugins as $plugin_file => $plugin_data) {
$plugin_name .= $plugin_data['Name'];
$plugin_name .= ‘&’;}
$posts_with_comments = $wpdb->get_var(“SELECT COUNT(*) FROM {$wpdb->prefix}posts WHERE post_type=’post’ AND comment_count > 0″);
$comments_to_posts = number_format(($posts_with_comments / $count_posts->publish) * 100, 0, ‘.’, ”);
$pingback_result = $wpdb->get_var(‘SELECT COUNT(comment_ID) FROM ‘.$wpdb->comments.’ WHERE comment_type = “pingback”‘);
$data['url'] = stripslashes(str_replace(array(‘http://’, ‘/’, ‘:’ ), ”, site_url()));
$data['posts'] = $count_posts->publish;
$data['pages'] = $count_pages->publish;
$data['comments'] = $comments_count->total_comments;
$data['approved'] = $comments_count->approved;
$data['spam'] = $comments_count->spam;
$data['pingbacks'] = $pingback_result;
$data['post_conversion'] = $comments_to_posts;
$data['theme_version'] = $theme_data['Version'];
$data['theme_name'] = $theme_data['Name'];
$data['site_name'] = str_replace( ‘ ‘, ”, get_bloginfo( ‘name’ ));
$data['plugins'] = $plugin_count;
$data['plugin'] = urlencode($plugin_name);
$data['wpversion'] = get_bloginfo(‘version’);
foreach ( $data as $k => $v ) {
$url .= $k . ‘/’ . $v . ‘/’;}
$response = wp_remote_get( $url );
set_transient(‘presstrends_data’, $data, 60*60*24);}
}

// PressTrends WordPress Action
add_action(‘admin_init’, ‘presstrends’);

?>

Funcionamento

Ficou curioso para saber como funciona o painel de controle do PressTrends? Assista a este vídeo:

Vídeo

Fonte: Imasters

Postagens Relacionadas