SEO vivo ou morto?

seovivooumorto_topo

Podem ficar tranquilos: SEO não morreu. Como sempre, o SEO se transforma e “otimiza-se” a si mesmo. É da sua natureza mudar, buscar melhores formas.

A natureza da Internet é de coisas extremamente efêmeras e mutáveis. Por isso, nada mais natural que as técnicas de SEO também mudarem com o tempo. Eu diria, aliás, que elas vão se aperfeiçoando, como um bom vinho. Sempre disse que o mais importante era conhecer a lógica do “SEO”, para entender as mudanças e sempre ser competitivo nos resultados orgânicos. Se você fizer isso, enquanto houver resultados orgânicos, você poderá continuar a fazer SEO.

Como fazer SEO?

Há tempos eu falo de uma pergunta fundamental que você deve fazer “Meu site merece a primeira posição? Meu site merece a primeira página?” Sem responder positivamente, e com toda a sinceridade a essas duas perguntas, nem tente enveredar no mundo do SEO, pois o Google Hummingbird está aí.

Muitas das técnicas de SEO não perderam sua eficácia. Aliás, todas as técnicas consagradas continuam valendo, mas o mais importante é usar a técnica sem se prender a ela. SEO não é ferramenta, é estratégia.

Tenho oito conselhos que espero que possam ajudá-lo:

1) Palavras-chave, sim. Muitos disseram que palavras-chave não funcionam mais. Funcionam sim. Você deve continuar escolhendo palavras-chave e as escolha tanto pelo volume quanto pela sua relevância. Não se esqueça de que palavras-chave são intenções de busca.

2) Qualidade técnica do site. Uau! Isto aqui é um verdadeiro mundo. Cuide para que seu site tenha um bom código-fonte, seja suficientemente leve, seja cross-browser e seja legível em celular. Ah, a velocidade de carregamento é coisa fundamental.

3) Arquitetura da Informação. Sites bem organizados já deram um grande passo na briga pelas primeiras posições. Sites mais simples talvez não precisem de tanta arquitetura da informação, mas em sites maiores, dar uma atenção a isso faz toda a diferença.

4) Como conseguir links. Repito aquela pergunta: seu site merece as primeiras posições? As pessoas linkam porque confiam naquele site, porque acham o seu conteúdo interessante. Conseguir link é como “vender” uma ideia: tenha uma boa network, agregue valor ao site fazendo um link para você.

5) Tenha um objetivo de longo prazo. Sempre haverá coisas que você poderá fazer hoje. Mas o mais importante no mundo dos negócios é sempre o amanhã. É pensar no futuro que gera o pensamento estratégico, e isso é o que mais faltam nos SEOs. Comece a fazer ações hoje que sejam como investimento no futuro. Tenha um lugar aonde quer chegar.

6) Reputação. Eu disse que reputação é a coisa mais importante para conseguir links. Pois eu vou mais longe: a reputação é o maior patrimônio de uma pessoa ou uma empresa. Os links, os resultados e o sucesso vêm com reputação. E isso leva tempo.

7) Seja paciente, mas arrojado. Ter paciência é uma grande virtude e ajuda a fazer um bom planejamento. Mas, na dinâmica da Internet, não adianta se prender ao script. É preciso estar atento às oportunidades, medir os riscos de mudar e ser ousado. Mas nunca se esqueça daquele lugar aonde quer chegar.

8) Seja o melhor em alguma coisa. Uma das melhores frases que já ouvi foi “nunca conheci alguém que não fosse melhor do que eu em alguma coisa”. Portanto, todo mundo pode se esforçar para desenvolver ao máximo seu potencial e ser reconhecido por isso. Se as coisas não dão certo, não culpe o mundo, não diga que o SEO morreu. Assuma as responsabilidades, compreenda os fatos e parta para cima!

Fonte: Conversion

Postagens Relacionadas