Relatório personalizado Google Analytics para (not provided)

relatorio-personalizado-ga-topo

SEO e Web Analytics para solucionar (not provided)

O SEO e Web Analytics sempre andam juntos – agora mais do que antes -, possibilitando aos profissionais que têm um amplo conhecimento de Web Analytics realizar, cada vez mais, um bom trabalho de SEO. Sempre me perguntam se o SEO acabou, e a resposta é não; o SEO ficará mais especializado e exigente.

Fazer um profunda análise dos dados, a fim de extrair informações relevantes, é a base da tomada de decisões estratégicas. E quando os dados para analisar são em pouca quantidade, a capacidade de determinar comportamentos e identificar oportunidades se torna mais importante ainda na otimização de sites.

Agora vamos compartilhar relatórios Google Analytics que permitem, quando o Google registra (not provided), identificar quais páginas são acessadas, a receita gerada e quais palavras-chave estão relacionadas à essa página.

Ao usar Google Analytics, o objetivo não é ter dados com 100% de precisão, pois podem ocorrer escassos erros na leitura do código Google Analytics, problemas do navegador etc. O Google Analytics é uma excelente ferramenta para identificar tendências, padrões de comportamento e oportunidades. Isso pode e deve ser feito mesmo com o (not provided).

Esses relatórios Google Analytics são formas excelentes de acompanhar palavras-chave e o trabalho de SEO na nova era Google (not provided).

Relatório Landing Pages acessadas por (not provided)

Uma vez que uma pessoa faz o login em uma conta do Google (Gmail, YouTube, Google+ etc.), faz uma consulta no buscador e acessa o site, o Google vai exibir (not provided) como a palavra-chave que gerou a visita.

Isso pode dar uma impressão que dessa forma não tem como saber nada da navegação dessa pessoa dentro do site e que perguntas valiosas ficam sem resposta:

  • Quantas visitas (not provided) houve em cada uma das páginas?
  • Desse número, qual é o percentual de novas visitas?
  • Quantas páginas foram visitadas?
  • Quantos visitantes (not provided) completaram metas?
  • Qual é a taxa de conversão?

Para responder todas essas perguntas, você pode clicar aqui e adicionar o relatório Landing Pages acessadas por (not provided) no seu Google Analytics. Você pode adicionar esse relatório nos perfis Google Analytics que desejar.

Na tela do relatório Landing Pages acessadas por (not provided), é possível ver no canto superior esquerdo que as visitas de (not provided) correspondem a 13,23% de todo o tráfego deste site. Das 4.502 visitas (not provided), é interessante notar que 88,89% são visitantes novos que não conheciam o site.

Mais interessante ainda são os números da página de destino 3, que mostra que as pessoas que entraram no site através dessa página navegaram, em média, mais de três páginas dentro do site, o que gerou 24 conversões (completou metas) e tem uma boa taxa de conversão de 11,06%.

A análise desses números comparada com o restante dos dados de tráfego orgânico permite tirar conclusões sobre o comportamento dos visitantes e dos novos visitantes dentro do site. Nesse caso, você só analisa tráfego orgânico porque o (not provided) aparece apenas para esse tipo de tráfego.

Com esse relatório, será possível presumir quais são as palavras-chave acessadas e que geraram conversões, principalmente se comparando aos seus relatórios de posição de SERP.

Relatório de vendas (not provided)

Para qualquer e-commerce que faz SEO, é importante verificar o comportamento dos visitantes que vêm como (not provided). As páginas acessadas, quantidade de transações, receita, valor médio das compras e taxa de conversão são informações fundamentais.

Com o relatório de vendas (not provided), que você acessa clicando aqui, é possível ver todos esses dados dos visitantes (not provided).

Ao visualizar o relatório de vendas (not provided), fica mais fácil monitorar o comportamento do (not provided) no seu site, isto é, o comportamento das pessoas que têm contas no Google. Posteriormente, é importante comparar esse comportamento com o restante do site.

Relatório palavras-chave de (not provided)

Saber as Landing Pages e os aspectos do comportamento dos visitantes é importante, mas isso não basta para o SEO. É fundamental saber quais palavras-chave geram mais tráfego e mais vendas, no caso de e-commerce. E como saber as palavras-chave se o Google exibe (not provided) ao invés da palavra-chave que gerou a visita?

Para identificar as palavras chave que mais geram tráfego e vendas, o primeiro passo é identificar de todo o tráfego do site (pago e orgânico) quais são as páginas mais acessadas. Para ver essas informações do seu site através do relatório de palavras-chave de (not provided), clique aqui.

A primeira página do relatório de palavras-chave de (not provided) é semelhante ao relatório anterior, com a diferença de que, ao clicar na página de destino (Landing Page), você vai para uma segunda página do relatório, que tem todas as palavras-chave pagas e orgânicas que geraram tráfego para essa página destino.

Nessa segunda página do relatório, você tem todas as palavras-chave que geraram tráfego e receita para o site. No caso acima, você pode ver que o comportamento (novas visitas, páginas acessadas por visita, taxa de rejeição) da segunda e quarta palavra-chave são muitos parecidos, ao passo que o da primeira palavra-chave é um pouco diferente.

O comportamento do (not provided) deve ser relacionado com o das outras palavras-chave. Pela quantidade de visitas, comportamento e receita, é possível concluir que as pessoas que vieram de (not provided) provavelmente buscaram pelas duas primeiras palavras. O tempo médio na página de (not provided) é maior, então é necessário relacionar com outras palavras que não sejam as quatro primeiras.

Conclusão

O objetivo principal é analisar o comportamento das visitas por palavra-chave para uma determinada página de destino, verificar o percentual de (not provided) em relação às outras palavras e a todo o tráfego do site, e, por fim, estabelecer uma relação entre (not provided) e as palavras-chave.

Com esses três relatórios, você pode chegar a muitas decisões para estruturar a estratégia de SEO e continuar o trabalho analítico das palavras-chave, mesmo que o Google oculte parte das informações.

Postagens Relacionadas