7 lições de SEO para um e-commerce de nicho

7-lições-de-SEO-para-um-e-commerce-de-nicho_topo

É um enorme prazer poder compartilhar um pouco do que sei sobre SEO/E-commerce aqui no blog da Conversion e contar um pouco do que fizemos e continuamos fazendo de SEO na Cueca Store. Bem, acho que todos nós sabemos da importância do SEO para uma loja virtual, e principalmente para os e-commerces de nicho. Para dar uma base sobre essa importância, informo um dado: mais de 50% do faturamento atual da CS vem de tráfego orgânico. Então, vamos às 7 dicas de SEO para e-commerces de nicho.

1# Comece o SEO antes de o e-commerce ser lançado

Você sabia que pode começar a fazer o SEO antes mesmo de o site ser de fato lançado? Foi o que fizemos na Cueca Store. Primeiro definimos as principais páginas/categorias que iríamos usar, e depois alinhamos com o pessoal da plataforma e pedimos que fossem enviadas as URLs completas que seriam daquelas páginas/categorias. Tendo as URLs em mãos, criamos um blog (em WordPress mesmo) e criamos as mesmas URLs neste blog. Nas páginas, adicionamos algumas imagens de produtos e uma pequena descrição. Com isso, conseguimos uma indexação quase quatro meses antes e já conseguimos alguns backlinks para estas páginas. Quando o site foi lançado, algumas palavras já estavam muito bem posicionadas.

Na Prática:  Como já sabíamos que teríamos uma categoria chamada “Cuecas Boxer” e outra intitulada “Cuecas Calvin Klein”, levantamos com a plataforma as URLs. Ficou definido que elas seriam  www.cuecastore.com.br/14-cuecas-calvin-klein e www.cuecastore.com.br/6-cuecas-boxer,  respectivamente, e geramos as páginas no WP com a mesma URL para começarmos a trabalhar.

2# Use o Planejador de Palavras-Chave como estratégia de negócio

Apesar dessa dica não ser exclusivamente para SEO, ela é muito valiosa em termos do negócio em si. Use oPlanejador de Palavras Chave do Google e pesquise as palavras mais procuradas relacionadas ao seu negócio e você terá insights importantes sobre como fazer a aquisição de seu estoque, como será o fluxo de venda dos produtos, etc.

Na Prática: Montamos uma planilha com as principais marcas, modelos e cores de cuecas. Fizemos a pesquisa das palavras e as agrupamos por tipo. Por exemplo, agrupamos cueca boxer, cueca box, cuecas box e todas as suas derivações; e fizemoso mesmo com as palavras cueca lupo, cuecas lupo, lupo cuecas, etc. Colocamos o valor total das buscas de cada palavra agrupada e conseguimos chegar a diversas conclusões, como: as boxer são as que mais vendem hoje em dia, a Lupo vende mais do que a Mash, etc. Lembrando: isso tudo ocorreu antes mesmo de o site ir para o ar.

3# Categorize o máximo possível para criar “landing pages”

Após ter pesquisado as principais palavras para o negócio (obtidas no item 2), crie categorias que servirão como uma espécie de “landing pages” para o usuário e para o Google.

Na Prática: Detectamos que haviam buscas expressivas para palavras relacionadas a Cuecas Extra Grandes, o que nos motivou a criar uma categoria no site onde estão todas as cuecas que temos com tamanhos especiais. Isso gerou uma nova URL para o Google, exclusivamente para trabalhar essa palavra-chave, que além de facilitar a vida do usuário, aumentou a possibilidade desta página específica aparecer bem posicionada em uma provável busca. Olha o resultado ai:

cuecas-extra-grandes

4# Utilize linkagem interna para ajudar o usuário e o Google

É evidente que a linkagem interna é um dos fatores que ajudam o posicionamento, mas é uma prática difícil de ser feita em e-commerce. Diante disso, utilizamos um recurso simples que facilita, e muito, a vida do usuário, além de ajudar no posicionamento. Em todos os produtos existe um campo chamado “Veja Mais:”, no qual colocamos os links internos com âncoras definidas.

Na Prática: Veja abaixo o exemplo de uma página de produto com a linkagem interna:

linkagem-interna

5# Conteúdo também é REI no e-commerce

Gere conteúdo interessante para seu usuário e possível cliente. Crie guias, posts, artigos e vídeos de tudo que estiver em torno de seu negócio. Essas informação, além de aproximar os clientes de sua loja, pode render bons backlinks.

Na Prática: Utilize a sugestão de palavras, vista no item 2, para gerar o conteúdo. No nosso caso, por exemplo, percebemos que havia uma quantidade significativa de pessoas que não sabiam se o correto era cueca box ou boxer. Como nossos clientes buscam a resposta para essa questão, criamos um post para falar sobre isso, oAfinal, é cueca box ou boxer?, que hoje está em primeiro lugar para quem está em dúvida. Olha aí:

cueca-box-ou-boxer

6# As descrições dos produtos podem gerar backlinks

Quem nunca viu aquela descrição trabalhada e bem feita de um produto ser copiada? Você perde um tempão para ajudar seu usuário e ter um SEO melhor e o esperto do seu concorrente copia. O que acha então de ele te dar um backlink neste caso? Foi o que fizemos na Cueca Store. todas as descrições possuem um link oculto apontando para o mesmo produto que está sendo copiado. É claro que vários “copiadores” vão perceber a presença e vão retirar o link, mas muitos desavisados acabam deixando o link lá e assim já ganhamos alguns backlinks.

Na Prática: Veja a imagem da descrição do produto abaixo, o que está em vermelho é um link oculto.

descricao-produto

7# O campo de busca é poderoso!

Embora seja uma coisa simples de fazer, muita gente não se atenta à importância do campo de busca do site. Para o SEO, ele é importante para você poder priorizar certas palavras-chaves ou gerar novas páginas/categorias mediante a busca do usuário. Para o negócio em si é extremamente importante, pois você pode perceber tendências, novas marcas ou produtos que o usuário já está buscando dentro do seu site.

Na Prática: Você pode utilizar o Analytics (se configurado corretamente) ou algum recurso dentro de sua plataforma para coletar estas informações. No Analytics, selecione o menu Comportamento -> Pesquisa Interna -> Termos de Pesquisa. Neste relatório será possível ver os termos mais utilizados e tomar decisões para atender melhor seus clientes.

Conclusão

SEO é extremamente importante para seu e-commerce, já que os custos de CPC estão altíssimos e inviabilizando algumas operações. SEO é uma alternativa muito viável que trará retorno por um longo tempo.

Fonte: Conversion

Postagens Relacionadas