10 mitos de SEO que escutei por ai

10-mitos-de-seo-que-escutei-por-ai-topo

A idéia dessa lista de Mitos de SEO surgiu após uma reunião com um desenvolvedor. Escutar teorias de quem acha que entende de SEO, e jurar de pé junto que está certo e você está errado é deprimente. Mas como eu não posso sair dando socos por ai pra “desestressar”, preferi escrever esse artigo com o que eu escutei recentemente e outros que podem ser frequentes entre clientes, desenvolvedores e até mesmo empresas prestadoras de serviços SEO que prometem coisas em cima da ignorância do cliente.

Tentei encontrar uma ordem do menos ruim pro pior, mas não consegui. De qualquer forma, seguem 10 Mitos de SEO.

1. Mais de 65 caracteres no título não vão punir o seu site

Tem gente que não ultrapassa os 65 caracteres do título do site com medo de levar uma punição do Google. O problema não é esse. O problema é que quando você usa mais de 65 caracteres no título da sua página, ele vai aparecer cortado no snnipet do mecanismo de busca com reticências.

Mas tome cuidado! O seu site pode ser punido se você fizer spam de palavras/termos-chave no título ou fizer uma redação em um lugar que é reservado para poucos caracteres. Veja o código desse péssimo exemplo.

Péssimo title e description

Título não é parágrafo, ok?!

2. Escrever mais de 150 caracteres na meta description também não vai punir sua página

É a mesma coisa do título, o único problema é que vai aparecer cortado no snnipet. Evite spam e tenha bom senso, caso ultrapasse esse limite.

Print snnipet SEO

3. PageRank não é fator de rankeamento

Uma das coisas que faz o PageRank aumentar são os links que aquela página recebe, e com isso, pode-se achar que, a página só está em uma posição melhor porque o PR é alto e na verdade, o que pode estar influenciando são os links que a página recebe.

Page Rank

4. PageRank não é o mesmo para o site todo

Escutei que o PR era o mesmo valor para o domínio/subdomínio e não por página. Mas, se fosse por domínio ou subdomínio não se chamaria “SubdomainRank” ou “DomainRank”?!

Cada página possui um valor de PR diferente da outra. Por exemplo, o R7 (jabá mode on). A home de Entretenimento do R7 possui PR 5 enquanto a página de Fotos de Famosos, no mesmo subdomínio, possui PR 4. E acontece a mesma coisa com todas as páginas. A home do R7 tem PR 6, enquanto cada uma das outras páginas possui PR 0, 1, 2…. e por ai vai.

Pra verificar PageRank, no Chrome e no FireFox eu uso a extensão SEO Quake.

5. SEO não dá resultado do dia para noite

É comum clientes ficarem desesperados para aparecer na primeira posição do Google logo no dia seguinte do começo das estratégias de SEO. CALMA! Não é assim. Antes de tudo, antes de vender SEO, explique ao cliente como que funciona o algoritmo e quanto tempo pode demorar. Algumas coisas podem acontecer em menos de uma semana, porém outras não menos de dois meses. Então deixe isso bem claro para que ele não cancele o contrato ou te deixe louco.

6. SEO não são só meta tags

Meta tagsAinda tem gente que acredita que SEO são títulos, meta descriptions e meta keywords. Não é bem assim faz tempo! Aliás, algum dia foi só isso?!

SEO vai muito além das meta tags e do onpage. SEO tem análises, tem links, tem campanhas off line, tem mudanças de algoritmos. Não espere uma posição satisfatória fazendo apenas o “default”. Pode parecer bom no começo, mas se seu concorrente está mais antenado que você, dificilmente você vai ter uma posição melhor que a dele nos resultados de buscas.

Então, estude SEO constantemente e teste novas estratégias sempre!

7. Não existe livro falando como o algoritmo do Google funciona

Em um dia de sol, alguém me disse:

“Eu tenho um livro que explica como que funciona todo o algoritmo de busca do Google”.

Nesse dia, a minha vida mudou e fiquei rica!! Bwahahaha!!!!Bwahahaha

Icso non ecziste!” – como diria Padre Quevedo.

Comentei com o Pedro Dias de como eu ia ficar rica e ele se ofereceu pra ficar rico junto comigo. Mas como sou muito egoísta recusei a proposta, mas mesmo assim ele me recomendou alguns links de patentes e white papers pra ajudar no meu novo caminho. Quem quiser me seguir, deem uma olhada também.

8. Ninguém pode prometer a primeira posição do Google

E se prometerem, sai fora! Essa pessoa com certeza não tem noção do que é SEO. A não ser é claro que ela te prometa a primeira posição para o nome da sua própria marca. (#troll)

Não tem como prometer a primeira posição do Google

  • porque seu concorrente faz SEO há muito mais tempo;
  • porque a palavra-chave que você quer aparecer em primeiro, é muitíssimo concorrida e tem portais muito mais fortes que o seu;
  • porque o conteúdo dos seus concorrentes são ótimos

e por vários outros motivos. Prometer melhoria de posicionamentos é válido sim, mas prometer primeira posição sem saber com o que vai lidar, é complicado!

9. Só quem paga no AdWords consegue posição melhor no Google

Nem no AdWords isso acontece, desde que a campanha seja muito bem feita, é claro. Mas isso depende de uma continha que o Google faz entre o CPC e o índice de qualidade da palavra, e não quem paga mais.

Mas pagar para aparecer na busca paga não tem nada a ver com a busca orgânica. Pode ajudar na divulgação do site, mas se você não tem um conteúdo bom o suficiente para ganhar boas posições na busca orgânica, não é a busca paga que vai te ajudar a conseguir isso.

10. O Google Analytics não é pago

Quando digitado no Google “quanto custa o Google”, a terceira opção que aparece é “Quanto custa o Google Analytics”.

Quanto custa o google

Acredite, ele é gratuito!

Você não paga nada para usá-lo, mas:

“a versão gratuita é limitada a 5 milhões de exibições de página por mês; no entanto, os usuários com uma conta do Google AdWords ativa recebem monitoramento de visitas ilimitado”

Trecho do fórum de ajuda do Google Analytics. Espertinhos né ($$).

Desde que você não seja dono de um portal de notícias ou de um e-commerce com um milhão de produtos, eu nem me preocuparia com isso.

Finalizando….

Nesse artigo eu coloquei um pouco da minha história de SEO e umas ou outras que andei escutando por ai. E você? Já ouviu alguma coisa sobre SEO que te fez querer rir muito da pessoa ou chorar? Deixe nos comentários! ;)

ps.: obrigada aos queridos amigos Kaiserlino pelo décimo mito e a Bia Arnold por tirar minhas dúvida de AdWords.

ps².: Créditos da foto de destaque astrodice – glittery ones of course

 

Fonte: SEO de Saia

Postagens Relacionadas