Sua empresa faz “o Social” ou Social Media?

suaempresasocialsocialmedia_topo

A batalha por fãs e interações em Fan Pages coorporativas está tão acirrada que ando me deparando com algumas “bizarrices” por aí. Humor inteligente, memes e piadinhas relacionadas ao ramo de atuação das empresas são compreensíveis, pois afinal, o Facebook foi criado com o propósito de ser um canal de relacionamento. Porém linguagem chula, palavrões e conteúdo de má qualidade que não agrega valor nenhum a marca, eu simplesmente não compreendo e portanto, não recomendo.

Foi pensando que chegamos a seguinte questão: qual é a função de uma empresa nas redes sociais: fazer Social Media (focado no engajamento dos fãs com a marca) ou simplesmente fazer um social (aquela conversa com um colega na lanchonete)? Nós acreditamos no Facebook, no Blog e no Twitter como importantes canais para a contrução da imagem de uma marca, e por isso estou aqui para pontuar duas importantes questões estratégicas na hora de produzir e compartilhar conteúdo.

Seu conteúdo transmite sua personalidade

Lembre-se que você tem uma imagem pública a contruir, ou manter, e portanto, todo o cuidado é pouco quando se fala em produção de conteúdo. Muitas marcas têm compartilhado memes de humor da internet encontrados em sites do segmento, como o 9gag.com, e com isso angariado centenas de interações em suas postagens. Mas será que vale mesmo a pena associar a sua marca a uma grande piada?

Seu conteúdo tem que dizer quem você é. Imagine só como seria sensacional se as pessoas, ao olharem rapidamente as postagens de seus amigos em suas timelines, reconhecessem  a sua empresa através de um conteúdo de qualidade. Ouso até a dizer que não há propaganda institucional que reforce tão bem o valor da marca!

Não apele por interações, conquiste-as

Sendo original e produzindo um bom conteúdo, as interações virão naturalmente e muito mais qualificadas. Isto é, as pessoas que curtirem as suas postagens estarão realmentes envolvidas com sua marca: se não forem seus clientes, irão se tornar leads, e se já forem, estarão se fidelizando.

Pense sobre o seu próprio comportamento no Facebook: quantas vezes você não deixa de curtir ou compartilhar uma postagem super interessante por estar sem tempo ou por estar no trabalho? Isso não impede que você comente com amigos e se lembre daquela empresa que você achou criativa por ter publicado tal coisa.

Portanto, fica a dica: grande quantidade de interações para um conteúdo de baixo nível não é sinônimo de sucesso, e pode ser um tiro no próprio pé.  Significará apenas que sua marca angaria fãs entre os “sobrinhos” e não os formadores de opinião.

Fonte: Conversion

Postagens Relacionadas