Públicos personalizados: como usar listas de e-mails para impactar clientes no Facebook

publicos-personalizados-facebook-topo

Tenho (Camila Camargo) observado de perto as novidades e alterações nos recursos para anúncios no Facebook. Dois dos meus últimos posts foram relacionados a recursos disponíveis no Facebook Ads, mas que nem sempre são conhecidos ou utilizados. Se você quiser saber quais são e como eles podem ajudar no desempenho de suas campanhas leia os posts: “Facebook Exchange: O que é e como funciona o remarketing no Facebook?” e “Anúncios no Facebook: O que é e como criar um rastreamento da conversão”.

Hoje vou apresentar mais um recurso que pode ajudar, e muito, suas estratégias de captação de fãs ou transformar leads em clientes usando os anúncios no Facebook. O recurso se chama “Públicos Personalizados”.

Como funciona

Os públicos personalizados são categorias de segmentação que podem ser criadas usando listas de e-mails ou telefones. Em linhas gerais funciona assim:

  1. Você tem uma lista de email ou telefones com pessoas que se cadastraram em seu site para baixar um e-book, por exemplo.
  2. Você pode usar esta lista de e-mails ou telefones e criar segmentos em seus anúncios para impactar essas pessoas dentro do Facebook.
  3. Você faz o upload desta lista para o Facebook, o Facebook compara, dentre os e-mails da lista, quais deles são usados para cadastros no Facebook.
  4. A partir disso, você pode anunciar especificamente para as pessoas da sua lista, que estão no Facebook.

Para ajudar a entender, vamos à definição do próprio Facebook em relação aos públicos personalizados:

“O público personalizado permite que os publicitários encontrem seu público offline entre os usuários do Facebook. Usando endereços de email, telefones ou identificações de usuário do Facebook para fazer a associação, você agora pode encontrar quem deseja no público personalizado, definido por quem você já conhece.”

Como fazer

A criação de públicos personalizados é feita pelo Power Editor. Ele é um plugin para Google Chrome que permite a gestão de anúncios com vários recursos extras, não disponíveis no painel geral da criação de anúncios.

Passo 1. Em primeiro lugar, instale o Power Editor em seu navegador.

Passo 2. Ao acessar o Power Editor (se for sua primeira vez, será necessário baixar os dados da sua conta de anúncios), vá até a opção “Públicos Personalizados”, do lado esquerdo da tela.

Criar-públicos-personalizados-Power-Editor

Passo 3. Na parte superior, vá até a opção “Criar público”.

Passo 4. Agora é a hora de cadastrar suas listas. Insira um nome, descrição e faça o upload dos emails, que devem ser no formato nome@dominio.com.br. No caso dos telefones, eles devem conter: o código do país, do DDD e o número, por exemplo, 55 (código do Brasil), 41 (DDD do Paraná) e 8888-8888 (número do telefone), que ficaria assim: 554188888888.

Categorizar-os-públicos-personalizados

Criar um anúncio

Depois de criar o público, é a hora de criar o anúncio no Facebook. Além de todos os recursos de segmentação, você pode inserir os públicos personalizados com mais um elemento. Por exemplo, você pode anunciar para mulheres, de 25 a 65 anos, que moram em Florianópolis e que seu e-mail de cadastro no Facebook está presente na lista de endereços que fizeram o download do seu e-book.

Os públicos personalizados podem ser usados no gerenciador padrão de anúncios e no Power Editor. Após criar o público, esta opção será disponibilizada na área “Públicos Personalizados”, logo abaixo dos Interesses precisos e Categorias Amplas.

Mais-opções-de-segmentação-com-os-públicos-personalizados

É claro que nem sempre as pessoas usam o mesmo email para cadastro no Facebook e email pessoal. Porém, dependendo da sua lista, as chances de encontrar um bom público são grandes. Além disso, com esta informação bem segmentada, fica mais fácil trabalhar uma comunicação mais individualizada ou com apelo direcionado ao interesse que a pessoa já demonstrou ter em sua empresa ou produto.

Fonte: Imasters

Postagens Relacionadas