Por que as redes sociais não matam o e-mail marketing

porqueredesociasmatamemail-topo

Ao contrário do que muita gente pensa, o sucesso das redes sociais não determinou o fim do email marketing

Não só essa ideia é equivocada como é recomendável que as duas ferramentas sejam trabalhadas de forma conjunta para que as empresas alcancem bons resultados com o marketing digital. É bem verdade que a interação via redes sociais diminuiu o número de mensagens pessoais trocadas via e-mail, mas a ferramenta continua sendo um importante meio de comunicação empresarial. Veja, a seguir, um comparativo entre as duas plataformas:

Contatos casuais x relações profundas

Enquanto nas redes sociais sua empresa consegue impactar quem está online e atento na timeline naquele momento, com o e-mail marketing é possível uma abordagem mais direcionada, com conteúdo personalizado e segmentado e a atenção do público é praticamente exclusiva. O e-mail marketing é uma boa maneira de aprofundar o relacionamento com seus clientes, enviando mensagens com conteúdo que eles já demonstraram interesse anteriormente.

Ativo instável x ativo próprio de longo prazo
Nas redes sociais o alcance de sua empresa depende muito das regras da plataforma utilizada. No Facebook, por exemplo, ele fica limitado, em média, a 10% da base – para conseguir impactar um número maior de pessoas só investindo em anúncio por lá. Por outro lado, a base de contatos de sua empresa é um ativo próprio de longo prazo e sobre o qual sua equipe detém total controle, podendo avaliar exatamente quem visualizou e segmentar o conteúdo, entre outros recursos.

Automatização genérica x conteúdo segmentado
Tanto nas redes sociais quanto na plataforma de e-mail marketing é possível fazer a publicação e o envio de forma automatizada. A diferença é que nas redes sociais ele se limita a um agendamento da publicação. Já a automatização nas plataformas de e-mail marketing pode ir muito além, como no caso da nutrição de leads, um recurso onde é possível agendar uma sequência de mensagens personalizadas, de acordo com o interesse de seus contatos.

Um canal completa o outro. Se por um lado as mídias sociais são úteis para atrair novas oportunidades, divulgando o conteúdo de sua empresa para uma base cada vez maior, por outro lado, o email marketing funciona melhor para nutrir os relacionamentos já existentes e impulsionar as vendas.

Fonte: EXAME.com

Postagens Relacionadas