O que as mídias sociais não fazem pelo seu negócio

o-que-midias-sociais-nao-fazem-topo

Estamos no auge da web 2.0 e já se especula como será a 3.0. Enquanto isso, as mídias sociais consolidam seu poder e proporcionam às pequenas empresas, com pouca verba, uma abrangente ferramenta de comunicação e, principalmente, de relacionamento com seu público.

Em contrapartida, temos muita euforia e com frequência vemos deslizes e ações irresponsáveis no uso das mídias sociais. Muitos também as enxergam como o Santo Graal da comunicação digital e acabam, literalmente, “jogando” sua empresa na Internet sem qualquer planejamento e até mesmo bom senso. Vamos com calma…

O que as mídias sociais não fazem:

Não substituem por completo outras mídias.

Não se deixa de anunciar na TV para migrar 100% da verba para um anúncio no Facebook, por exemplo. Hoje é fato que a migração da verba de mídia tradicional para a Internet cresce bastante anualmente, mas para atingir diversas camadas de público precisamos de um verdadeiro arsenal publicitário para atender às exigências do consumismo. Isto inclui a mídia social como um elemento essencial dentro de um planejamento de comunicação;

A mídia social não “coloca” seu cliente diretamente no PDV.

Antes de tudo, ela deve gerar o interesse de consumo através do conhecimento do produto e envolvimento com a marca. O principal talento da mídia social é proporcionar um relacionamento direto com seu público, tornar-se mais um canal de atendimento, proporcionando uma “conversa” através de uma linguagem mais próxima;

Não anunciam!

O maior engano das marcas é, literalmente, ANUNCIAR nas mídias sociais – e quando me refiro ao termo “anunciar”, falo do modelo tradicional da publicidade, do “Compre”, “Leve” e “Ganhe”. Com uma nova abordagem, os termos devem ser substituídos por “Conheça”, “Compartilhe”, “Conquiste”;

Não trazem resultados instantâneos.

Dependendo da mídia utilizada, o objetivo pode levar tempo para se manifestar, e nos casos de resultados muito rápidos, a marca já possui um trabalho de branding realizado em longo prazo. Qualquer branding bem feito possui seu devido tempo de maturação, nenhuma marca é “embutida” na mente do consumidor de forma instantânea;

Não fazem milagres.

É ingenuidade achar que ter a dupla Twitter + Facebook é a solução perfeita de baixo custo para a comunicação de uma marca. Fazer o trabalho de branding na Internet exige muito esforço, muitas ferramentas, e principalmente, tempo! Muito cuidado com os “gurus” de Internet que prometem seu site na primeira página do Google ou milhares de seguidores em suas mídias sociais em pouco tempo.

Fonte: Imasters

Postagens Relacionadas