• (71) 0000-0000
  • (71) 0000-0000

7 dicas para aumentar o EdgeRank da sua página

Quando falamos em EdgeRank, sempre temos relacionado o engajamento dos seus fãs com o conteúdo postado. A afinidade é um dos pontos da fórmula do EdgeRank, ou seja, a proximidade entre quem produz e quem consome o conteúdo.

Como está seu EdgeRank

Participando de um curso de Facebook com Dennis Yu, perguntei a ele se era possível calcular o Edgerank de páginas. Yu me respondeu que não é possível ter um número único de EdgeRank, pois cada pessoa possui um perfil único de interação com as fan pages que curte.

Porém, quem tiver interesse e curiosidade pode usar o EdgeRank Checker, uma ferramenta online que fornece algumas informações interessantes sobre a sua página no Facebook. Lembrando que não é um número absoluto, apenas uma média.

7 dicas para aumentar seu EdgeRank

Agora que você já tem uma ideia do seu Edgerank – lembre-se de que quanto mais próximo 0 pior – podemos usar o conteúdo e algumas ideias para melhorar nossa performance no Facebook. Relembrando: quando falamos em EdgeRank, falamos em engajamento, por isso, postagens bem elaboradas e planejadas podem ajudar a receber mais interações dos seus fãs.

1) Faça posts curtos

Em um estudo contemplando mais de 1.3 milhões de posts, Dan Zarella criou um infográfico com várias dicas e formatos de conteúdo que obtêm mais engajamento no Facebook. Uma das conclusões que o estudo proporcionou é que postar conteúdo curto gera em torno de 60% mais engajamento. Por isso, fuja de posts mais longos.

Mas…

Isso não significa que você precisa postar apenas monossílabos. Se for necessário, descreva sua ideia com mais texto, sem problemas.

2) Utilize recursos visuais

Postar fotos ou vídeos no Facebook é uma boa ideia por dois motivos: esse tipo de conteúdo tem mais peso para o EdgeRank e, em média, esse tipo de conteúdo rende 150% a mais de engajamento. Por isso, fotos e vídeos devem fazer parte do seu repertório de conteúdo.

Mas…

Lembre-se sempre de utilizar fotos que estejam intimamente relacionadas ao conteúdo da postagem ou do link a que elas se referem. Falar sobre laranjas e postar uma foto de maçãs para ilustrar o post não é o ideal.

3) Dê preferência a novos recursos do Facebook

O Facebook pode dar mais ou menos peso ao formato de conteúdo que os fãs interagem de acordo com os interesses da plataforma. Se o Facebook acabou de lançar o recurso “Perguntas”, por exemplo, ele dará mais peso e destaque para as interações feitas nessa ferramenta. Isso porque ele quer que mais pessoas utilizem e interajam com os recursos recém-lançados. Sendo assim, fique de olho nas novidades e as utilize na variação de postagens na sua página.

Mas…

Avalie sempre, usando o Facebook Insights, se o formato de conteúdo que gera mais peso ao EdgeRank está obtendo boa resposta dos fãs. Mais valem 10 comentários em um link do que nenhuma interação em uma foto, por exemplo.

4) Faça perguntas

Nos EUA, é muito comum empresas usarem postagens no estilo “complete a frase”. Lá eles adoram isso, mas não vejo a mesma eficiência aqui. Particularmente, acho interessante desde que a pergunta seja relacionada à marca. Vejo muitas empresas usando “minha cor preferida é….”, coisas sem a menor relação com o produto ou serviço.

Portanto, encontre um tema que gere discussões e que esteja relacionado ao seu mercado. Utilize seu mural para fazer perguntas ou utilize o recurso de perguntas do próprio Facebook. Além de gerar interação, as respostas dos seus fãs são divulgadas para os amigos deles, viralizando sua enquete.

Mas…

Como dito acima, faça perguntas com relação ao seu produto. Use perguntas bem elaboradas e suas respostas para melhorar seu posicionamento ou coletar insights, por exemplo.

5) Encontre o melhor horário para postar

Não, não vou trazer um infográfico com o horário nobre o Facebook. Acho essas pesquisas interessantes, mas sempre sugiro nos meus cursos a não se basear apenas por elas. Use o Facebook insights e encontre o melhor horário para postar na sua página. Poste em vários dias e horários diferentes e vá até seu Insights.

Na área “Publicações da página”, há uma tabela com todos os seus posts. Escolha os que deseja monitorar e vá até “Alcance”, clique no número e colete as informações da métrica “Alcance total”. A partir do acompanhamento desses dados, você começa a enxergar que horário seus fãs estão mais ativos no Facebook. Você pode usar várias ferramentas pagas para ver isso. Social Bakers e EdgeRank Checker são duas opções.

Mas…

Lembre-se de que o melhor horário para postar não é naquele em que você pode, mas sim na hora que seu fã está online para consumir e interagir com seu conteúdo.

6) Incite conversas na sua página

Sempre vejo muitas empresas postando conteúdo e buscando engajamento em suas páginas, na verdade, todas as páginas e empresas querem isso. Porém, uma grande falha é que não vejo a resposta das empresas, ou seja, ela posta, o fã interage, mas ela vira as costas e não continua a conversa.

Sendo assim, se seu fã interage com você, incite-o a falar e a comentar mais. Assim, a afinidade entre vocês aumenta, e os amigos desse fã também podem ser impactados por essas ações.

Mas…

Cuidado com as respostas ao seu fã. Sem forçar a barra, por favor. Não queremos mais Empresas Engajadas por aí. Aliás, o Facebook da Empresa Engajada é uma ótima aula de como não engajar seus fãs, apesar de adorar a comunicação ~espontânea~ deles.

7) Segmente seus posts e seja mais relevante

Segmente e seja feliz relevante! Se você possui fãs em várias cidades, gêneros, idades ou interesses, evite postar conteúdo de interesse específico para TODOS os seus fãs.

Você pode direcionar algum post apenas para quem mora em alguma cidade, oferecendo uma oferta especial para os habitantes de São Paulo, por exemplo, que curtem sua página.

Aos poucos, o Facebook está implantando mais detalhes na segmentação. Você pode postar apenas para suas fãs ou fãs mais velhos, por exemplo.

Mas…

Lembre-se de que nessa última opção de segmentação, mesmo se o fã estiver fora do público-alvo da segmentação, mas se acessar sua fan page, poderá ver a mensagem. Por isso, se for usar para alguma promoção, certifique-se de criar algumas regras restritivas para contemplar fãs apenas do público-alvo, por exemplo.

Sete dicas

A partir dessas sete dicas, é possível melhorar seu desempenho no Facebook e conseguir mais engajamento, pelo menos é o que eu espero. Para fechar, trago uma frase do Seth Godin, publicada pelo Bruno de Souza no Facebook da Marketing Digital 2.0.

Fonte: Imasters

Posts Relacionados