10 dicas para tornar os seus artigos virais no Twitter

imagem-topo-dicas-virais-twitter

1. O TÍTULO DO ARTIGO É MUITO IMPORTANTE

O título do seu artigo é fundamental a vários níveis, especialmente na estratégia de viralidade em questão. Quanto mais atractivo o título for, maior é a probabilidade de viralidade do artigo. No entanto, uma das coisas que recomendamos sempre é a utilização de numéricos do tipo 20 coisas, 30 dicas, 50 razões, etc. A utilização deste tipo de gatilhos é essencial numa estratégia de viralidade, embora não seja obrigatório obviamente. No exemplo que demos em cima, utilizámos o gatilho “20 sites incríveis“, o qual à partida traduz-se num maior interesse global, despertando a curiosidade do internauta para a matéria.

2. O ENDEREÇO DEVERÁ SER MUITO CURTO

A utilização de serviços de encurtamento de URL’s é nos dias de hoje essencial a todos os níveis, especialmente quando falamos de Twitter e mídias sociais. Recentemente explicámos como encurtar o URL dos seus artigos em WordPress automaticamente, utilizando o serviço Bit.ly. Além de ser extremamente vantajoso em termos de divulgação, os endereços curtos tornam a sua mensagem no Twitter mais curta e igualmente mais fácil de reenviar aos seus amigos. Se pretende que o seu artigo seja divulgado em massa, utilize obrigatoriamente um serviço de encurtamento de URL’s. Nós recomendamos o Bit.ly.

3. UTILIZE UM COMENTÁRIO PESSOAL (GATILHO DE AÇÃO)

Se pretende que o seu artigo se torne viral, é essencial que você utilize um gatilho de acção, ou seja, que você peça aos seus seguidores para repassarem esse tweet aos seus contactos. Vejamos o exemplo que utilizámos no artigo citado em cima:

O gatilho “repasse pf!” é o indicativo de que pretendemos que o leitor leia a mensagem e tome uma determinada acção, neste caso repassar a mensagem aos seus contactos. Este foi o ponto de partida para a viralidade deste nosso tweet em concreto. Com isto queremos dizer que, é muito importante ter em consideração a utilização de uma mensagem pessoal no tweet, caso contrário é apenas mais um entre muitos outros.

4. A MENSAGEM DEVERÁ TER NO MÁXIMO 120 CARACTERES

Embora o Twitter permita a utilização de mensagens até um limite de 140 caracteres, a verdade é que você não deverá utilizar os caracteres todos. Porquê? Porque utilizando os caracteres todos, você não deixa espaço para que o leitor possam repassar a mensagem deixando uma nota pessoal do tipo “indico”, “vale a pena ler”, ou algo do género. Isto significa também que ele terá de copiar e editar o seu tweet original, o que por si só é demasiado trabalhoso, e possivelmente a sua mensagem não chega a ser repassada o número de vezes que você desejaria. Torne-a portanto simples, e o mais curta possível.

5. UTILIZE SEMPRE A SUA MARCA PESSOAL

É muito importante também que você utilize sempre a sua identidade a quando da divulgação do seu tweet. Isto significa utilizar um @escoladinheiro, por exemplo, como identificador do utilizador que envio a mensagem. Dessa forma você consegue não só colocar a sua identidade a circular pelo Twitter, recebendo novos seguidores e respostas, como também identifica a mensagem como pertencente a uma determinada pessoa em específico. Se pode aproveitar os benefícios todos, não hesite.

6. FAÇA UM RETWEET DE UM TWEET DE OUTRO MEMBRO

Embora escrever a mesma mensagem no twitter diversas vezes possa ser aborrecido para os seus seguidores, existe uma técnica muito interessante de você promover outros utilizadores do Twitter, ao mesmo tempo que promove os seus conteúdos. Isto significa que à medida que os seus seguidores vão reenviando a sua mensagem, você poderá fazer um retweet da mensagem deles, dando a conhecer esse utilizador à comunidade, ao mesmo tempo que divulga novamente a sua mensagem. Essa foi uma das estratégias que utilizámos, a qual resultou categoricamente, tendo conseguido cerca de 50 novos retweets mesmo depois do primeiro envio.

7. PREOCUPE-SE EM DIVULGAR O TRABALHO DOS OUTROS

Uma das coisas que funciona muito bem ao nível da viralidade é precisamente a forma como você se comporta no Twitter. Se você é um utilizador do Twitter que está constantemente a repassar mensagens de outros utilizadores, promovendo os seus artigos e matérias, bem como os seus perfis, então a probabilidade de você conseguir um viral é muito grande. Não espere conseguir que o seu artigo seja repassado centenas de vezes por outros utilizadores, quando na realidade você também não o faz.

8. O CONTEÚDO DEVERÁ SER TÃO RELEVANTE QUANTO O TÍTULO

A viralidade de um determinado artigo mede-se não apenas pela qualidade do seu título mas também pela qualidade do seu conteúdo. É provável que você consiga mais facilmente um viral quando na verdade o seu conteúdo tem imensa qualidade e é brindado com um título hard-selling, ou seja, um título capaz de “vender o produto” por si só. No entanto, se o produto (conteúdo neste caso) não tive qualidade suficiente, é provável que muitos utilizadores cliquem e não cheguem sequer a repassar a mensagem dada a baixa qualidade do conteúdo propriamente dito.

9. ESTEJA PREPARADO PARA A VIRALIDADE

A viralidade um determinado artigo no Twitter tem também consequências ao nível de tráfego, acesso múltiplos ao blog, consumo de largura de banda e memória no servidor de hospedagem, entre outras. É igualmente importante que você esteja devidamente preparado para quando iniciar uma estratégia de viralidade no Twitter, estar consciente das exigências que isso tem.

No dia em que publicamos o artigo e ele iniciou a sua viralidade, o volume de tráfego disparou completamente, mantendo-se elevado durante cerca de 3 dias consecutivos. Durante este período, é muito importante que você tente “agarrar” o máximo número de leitores possível, traduzindo-os em novos subscritores e leitores do blog.

10. SEJA GENUÍNO E ACESSÍVEL!

Embora não existam grandes segredos para conseguir levar um tweet às centenas de retweets, a realidade é que tudo passa por uma estratégia de genuinidade e acessibilidade. Quanto mais genuíno e acessível você for nas mídias sociais, maior é a probabilidade de você ser bem sucedido nas suas estratégias de marketing viral!

Fonte: Escola Dinheiro

Postagens Relacionadas