10 motivos para o empreendedor aprender SEO

imagem-topo-10-motivos-empreendedor-seo

O que é um empreendedor?

“Empreendedor é aquele que desenvolve a arte de empreender, de mudar, conquistar.Ser um empreendedor é exteriorizar aquilo que você na realidade sempre foi e será. A palavra empreendedor, tem tudo a ver com seu próprio ser, com seu ego. Diferentemente do que muitas pessoas pensam, empreendedores não são,necessariamente, aqueles que abrem um negócio.” Fonte: Biblioteca Sebrae

A minha definição de empreendedor é: Empreendedor é a pessoa que procura atender os desejos das pessoas de forma mais eficaz do que a concorrência.

Para atender o desejo de alguém, primeiro precisamos ser encontrados e ser encontrado é sinônimo de “aparecer no Google”.

Como aparecer no Google

Você já comprou algum produto ou serviço através de uma pesquisa no Google? Caso você não seja de Marte, a resposta mais provável é SIM. Mas quantas vezes sua empresa recebe contatos com origem no Google? Sua empresa é encontrada no Google?

Muitas pessoas podem responder: “Minha empresa aparece no Google, basta digitar NOME DA EMPRESA que ela aparece”. O fato é que as pessoas não buscam o nome de sua empresa, elas buscam por palavras-chave relacionadas a SEU NEGÓCIO!

Por exemplo: Se você buscar “hotel fazenda”, “curriculum”, “massagem desportiva”, etc. irá contratar as empresas que aparecem nos resultados de busca. Ou seja:
“Se sua empresa não está no Google, ela não existe ONLINE”
O Google criou um negócio que é o sonho de todo empreendedor. Ao mesmo tempo que gerou uma alta demanda pelo uso da busca, gerou a escassez de resultados na primeira página (apenas 10). E apenas UM primeiro lugar! Com isso, criou o cenário ideal para vender anúncios que são os links patrocinados. A melhor parte (para o Google) é que a oferta de “produtos” é infinita, pois para cada palavra-chave digitada existe um consumidor em potencial.

Muitas empresas perceberam que aparecer nos resultados gratuitos (orgânicos) seria uma excelente alternativa para não gastar tanto com links patrocinados, mas como tornar seu site visível para o Google?

A partir desta necessidade das empresas surgiu uma das áreas mais promissoras no Marketing Digital, o SEO (search engine optimization) que são estratégias e processos que visam posicionar um ou mais sites nas primeiras coloções do Google e de outros buscadores.

A combinação de estratégias de SEO com links patrocinados compõem o que chamamos de SEM (search engine marketing).

“O Google responde por 90% da preferência do internauta brasileiro, uma queda de 2,81% no ano. O Bing fica com 5,36% de todas as buscas realizadas, com um crescimento de 10% em market share de visitas.” (Fonte: UOL)

O empreendedor tem fortes motivos para aprender SEO:

Motivo 1 – Aumentar o número de visitas gratuitas ao site

As pessoas tendem a achar que SEO é responsabilidade do “pessoal de tecnologia”, mas a verdade é que uma boa estratégia de SEO depende de um conhecimento muito profundo do cliente e de um site com conteúdo relevante.

Meu amigo Nils, dono de uma clínica de massagem em Pinheiros, seguiu a cartilha do SEO e coloca conteúdo todo dia no seu site e/ou blog. Em pouco mais de um ano recebe mais de 6 mil visitas gratuitas do Google.

Motivo 2 – Entender o que seu público alvo deseja

O estudo de SEO leva a um conhecimento sobre o comportamento de busca de seus clientes e insights sobre desejos não-atendidos. Através da Ferramenta de Palavras-Chave é possível descobrir as palavras mais buscadas no Google e com o Insights para Pesquisa podemos perceber as tendências de busca ao longo do tempo.

Motivo 3 – Ser uma referência para seu cliente

Escrever conteúdo de qualidade é fundamental para uma boa estratégia de SEO. Porém, ao fazer isso alinhado aos desejos dos clientes, sua empresa se torna referência para seu nicho de mercado. Se você digitar “curso de adwords” encontrará a Konfide entre os primeiros lugares com dois sites: cursoadwords.wordpress.com e www.konfide.com.br/curso-adwords.

Motivo 4 – Saber o que/como cobrar da sua produtora web

Um dos pilares do SEO é um site com a estrutura técnica que siga as boas práticas recomendadas pelo Google. Grande parte das produtoras web não conhecem ou conhecem apenas o básico de SEO. Peça para sua produtora ler o guia abaixo:

Guia do Google para Iniciantes em Otimização de sites para Mecanismos de Pesquisa.

Dois critérios fundamentais para o Google são o TITLE e as URLs amigáveis. O padrão ideal é que no TITLE o título do artigo venha antes da marca e na URL seja possível ler o título do artigo. Vejam o exemplo para “massagem desportiva”.

Existem sistemas de gerenciamento de conteúdo que já possuem os recursos acima. Dentre eles, destaco o Joomla! (utilizado no site acima) e o WordPress. Pergunte à sua produtora se ela já utiliza um dos dois.

Motivo 5 – Assumir o controle da gestão de conteúdo do site

Muitas empresas ainda não gerenciam o conteúdo do seu site e acham natural enviar o conteúdo via e-mail para a produtora incluir no site. Gerenciar o conteúdo do site se tornou uma tarefa muito simples, pois existem vários sistemas de gerenciamento de conteúdo no mercado. Dois deles ganharam um grande destaque: O WordPress e o Joomla!.

Eles são desenvolvidos no modelo open source (código aberto), ou seja, milhares de desenvolvedores em todo mundo trabalham em prol de torná-los mais simples e eficazes.

Vejam alguns exemplos de sites feitos em Joomla! ou WordPress:

  • Saiadolugar.com.br (WordPress) – Blog com conteúdo colaborativo para dar dicas para empreendedores.
  • Clínica Bergqvist (Joomla!) – Filial de uma renomada clínica da Suécia. O site recebe mais de 6 mil visitas gratuitas, pois está bem posicionado no Google para dezenas de palavras-chave. O Nils Bergqvist escreve quase diariamente no site.
  • MarcioOkabe.com.br (WordPress) – Blog pessoal com dicas de marketing digital, gestão de negócios, livros, educação, terceiro setor e outros temas.
  • IPÊ – ONG Ambiental (Joomla!) – Uma das maiores ONGs Ambientais do Brasil.

Motivo 6 – Saber como contratar serviços de SEO

O ideal é não misturar serviços de SEO com o serviço de criação/produção de sites. O serviço de SEO deve ter independência para propor ações que não estejam diretamente ligadas ao site, portanto ao amarrar o SEO à produtora é como pedir ao designer para fazer revisão de português. Existem dezenas de fatores que interferem no SEO que vão além da produção do site. Por exemplo:

  • Links que apontam para seu site (Backlinks) – Ter sites com links para sua empresa é um dos principais critérios que contribuem para seu site ganhar relevância perante o Google, pois cada link funciona como um “voto”.
  • Google Analytics – Entender como as pessoas chegam ao seu site e quais palavras pesquisaram é essencial para decidir quais conteúdo devem ter prioridade.
  • Seleção de palavras-chave – Criar uma lista de palavras mais buscadas e elaborar um guia editorial para geração de conteúdo.
  • Ranking no Google – É possível saber a posição do seu site e dos concorrentes para um conjunto de palavras-chave através do uso de soluções como o http://online.webceo.com.
    Ao estudar SEO, o empreendedor saberá como avaliar os serviços de SEO oferecidos pela produtora e complementar com serviços de agências especializadas.

Motivo 7 – Capacitação de SEO para colaboradores

Assim como o HTML se tornou um conhecimento familiar e muitas empresas capacitaram colaboradores, o SEO também se tornará um conhecimento interno de muitas empresas. Investir na capacitação de colaboradores para aprenderem SEO pode ser muito vantajoso, pois terá um multiplicador de conhecimento interno, além de valorizar o colaborador.

Motivo 8 – Se tornar “líder” no seu mercado

As pessoas tendem a perceber as empresas que aparecem nos primeiros lugares do Google como líderes de mercado.

Se você atua em um nicho específico, as chances de conseguir um bom posicionamento são mais altas. Uma boa prática é usar hotsites com domínios exatos para uma determinada palavra-chave.  Por exemplo: “Curso de Joomla” traz o site www.cursodejoomla.com.br em primeiro lugar que é um hotsite da Konfide, empresa especializada em Cursos de Marketing Digital.

Motivo 9 – Criar um “patrimônio” digital

Ao conquistar um bom posicionamento no Google com o site principal e outros hotsites, a empresa cria um patrimônio digital que garante um fluxo de potenciais clientes sem custos adicionais. Os links patrocinados são como aluguel, se não pagar os anúncios somem. O SEO é como investir na casa própria.

Um bom exemplo é o blog www.VideosMotivacionais.com da Commit que tem mais de 10 mil visitas gratuitas por mês. A Commit vende produtos motivacionais e o blog atrai muitas pessoas que se tornam clientes.

Motivo 10 – Aprender e descobrir novas possibilidade de negócios

Todo empreendedor é um eterno aprendiz ávido por novas oportunidades. Portanto, aprender SEO é uma excelente oportunidade para conhecer seu nicho de mercado com mais profundidade e abrir novos horizontes.

Faça a seguinte reflexão: Se você fosse o primeiro lugar no Google para sua principal palavra-chave, quantos negócios você poderia gerar?

“Insanidade é fazer sempre as mesmas coisas , esperando resultados diferentes.” Albert Einstein

Referências:
Otimização de mecanismos de pesquisa (SEO)
Guia do Google para Iniciantes em Otimização de sites para Mecanismos de Pesquisa.
Entrepreneur.com Search Engine Optimization Case Study – SEO Inc.

Fonte: Konfide

Postagens Relacionadas