Remarketing – Melhore a sua taxa de conversão

remarketing-facebook-topo

Você cria uma campanha no Facebook, conquista percepção da marca, novos fãs, interação, mas a taxa de conversão é sempre baixa? Ou ainda, você recebe muitas visitas no seu site (e nada de conversões), e descobre que seus clientes potenciais passam mais tempo no Facebook?

Calma, não é o fim do mundo! Aliás, é bem comum.

Exemplo de remarketing no Facebook Uma das maiores dores de cabeça quando se trata de publicidade no Facebook é a taxa de conversão. Para ser mais dramática, até identificamos que a taxa de conversão pelo Facebook é sempre menor se comparada com outros canais.

Isso acontece porque visitantes do Facebook geralmente não têm em mente o objetivo de comprar, e sim de interagir com seus amigos, reclamar que é segunda-feira ou simplesmente compartilhar aquela piadinha clássica de keep calm que hoje é sexta-feira.

Mas se, de acordo com a própria rede social, mais de 955 mil pessoas passam mais de seis horas por mês no Facebook, são leais e voltam sempre, por que não atingi-las com intuito de compra?
Uma boa estratégia para isso é o remarketing, que significa “divulgar novamente” e promete aumentar seu ROI da noite para o dia.

Mas afinal, o que é o remarketing?

É uma forma de publicidade dirigida onde o anúncio online é destinado aos clientes potenciais com base em suas ações anteriores na Internet, em situações em que essas ações não resultaram em uma venda ou conversão, ou seja, o remarketing serve anúncios às pessoas com mais frequência depois de terem deixado o site do anunciante.

Exemplos

Exemplo da plataforma de retargeting no Facebook A didática é simples: o cliente potencial viu seu produto em sua fanpage, em alguns casos até chegou a colocar no carrinho de compras, mas desistiu e foi fuçar a vida dos amigos na rede. Você vai perdê-lo? Não! Você vai “segui-lo” criando anúncios que possam chamar sua atenção novamente e, assim, levá-lo a converter.

Outro exemplo: você vende cursos, o cliente potencial passou horas pesquisando sobre cursos no seu site, mas não converteu e foi papear com os amigos no Facebook, o que fazer? Segui-lo! Com o remarketing, você consegue direcionar o usuário que visitou seu site e exibir publicidade relevante a ele no Facebook, mais precisamente sobre aquele curso que ele passou horas namorando no seu site.

Para uma chance maior de conversão, continue sempre a conversa com algo como “Saiba mais sobre este produto” ou “Ainda com o problema X?” e assim levará seu potencial cliente a lembrar que alguma vez já se interessou por aquilo e que pode ser a hora certa de finalmente comprar.

Caso você tenha uma loja virtual, o ponto-chave da estratégia pode ser segmentar as listas de remarketing em três estágios de compra: procura de produtos, visualização de preços e carrinho de compras abandonado. Para cada estágio de venda será acionado constantemente um anúncio relacionado à categoria de produtos que ele buscava na sua loja. Você também pode ter uma lista separada para os ex-clientes, passando a exibir anúncios de produtos relacionados aos que eles compraram da última vez, conquistando-os novamente.

Remarketing para Conversão

Embora seja bastante focado em conversões para e-commerce, o remarketing também pode ser usado para empresas cujo objetivo é conquistar mais formulários preenchidos, contatos ou telefonemas, desde que a missão seja bem definida.

Então, antes de chorar em cima da taxa de conversão baixa, pense que você tem a oportunidade de mostrar seus produtos novamente, de uma forma mais atraente e no local onde seu alvo passa o maior tempo, o Facebook!

Fonte: MestreSEO

Postagens Relacionadas