Criando seu Mockup – Cartão de Visita

criandomockupcartaovisita_topo

Aprenda como fazer um template (ou mockup) de um layout que certamente faz uma bela diferença na hora de apresentar um trabalho para o cliente.

A primeira coisa que precisamos, é uma foto bem feita para usar de base em nossa arte. Aí teremos dois caminho:

  • Produzir uma foto boa
  • Comprar uma foto profissional

Quando eu digo “foto boa”, estou falando de uma foto bem tirada, boa qualidade e tratada especificamente para isso.

Obviamente, cada parte do projeto tem seu budget, prazo, etc. Quem vai julgar a melhor escolha, é você.

Fiz uma rápida busca pelo Shutterstock (banco de imagens pago) e selecionei algumas.

Aqui seguem as sugestões:

image_01

image_02

image_03

image_06

Se no seu caso a grana é curta, não se desespere, temos o Photoshop!

Passo 1

É preciso escolher uma boa textura.  O ideal é conseguirmos uma textura bacana, pelo menos para nossa base. No meu caso, quero fazer uma de madeira.

Então, recorrendo ao Google. Encontrei o cgtextures.com:.

image_09

Passo 2

Crie um arquivo do tamanho que você quiser e aplique a textura.  Feito isso, pressione o botão direito e altere suas características. Lembro que a ideia não é uma vista de cima, como a textura padrão. Então tentaremos criar uma perspectiva para que o cartão fique aplicado.

image_10Passo 3

Vá em “Create a new fill or adjustment layer” e escolha a opção “Gradient Map…”:

image_11

Passo 4

Em seguida, clique sobre sua máscara, como abaixo:

image_12

e crie uma máscara da direita para a esquerda:

image_13

Passo 5

Vá, novamente, em “Create a new fill or adjustment layer”; mas dessa vez escolha “Brightness/Contrast”:

image_14

Passo 6

Repita o mesmo passo, mas escolha “Curves…” e altere como abaixo:

image_15

Passo 7

Por fim, pressione o mesmo botão “Create a new fill or adjustment layer” e vá em “Exposure…”:

image_16

Teremos um resultado próximo a esse:

image_17

Passo 8

Crie uma camada acima das outras e usando algum tom de azul da sua escolha e a ferramenta “Brush”, passe suavemente no canto superior direito:

image_18

Passo 9

Altere suas propriedades para “Overlay” e “Opacity” para 60%:

image_19

Passo 10

Está ficando bacana! A essa altura, selecione os arquivos da base na paleta de camadas e pressione “ctrl” + “G” e, com isso, todos os arquivos da base ficarão dentro de uma pasta (não se esqueça de renomeá-la).

Passo 11

Agora, utilizando a ferramenta “Rectangle Tool”:

image_20

Faça um retângulo:

image_21

Esse é um dos melhores recursos do Photoshop CC, em minha opinião.

Ao criar um shape, temos total liberdade em alterá-lo. Seja na cor de preenchimento, contorno, espessura, curva de cada canto arredondado, etc.

Minha sugestão? Dê uma pausa nesse ponto e treine à vontade. Faça vários retângulos para testar suas habilidades.

Passo 12

Acabaram os testes? Bem, voltemos então.

Pressione o botão direito sobre a layer do shape que acabou de criar e escolha a opção “Convert to Smart Object” (essa é a grande mágica dessa aula; você já vai entender).

Pressione “ctrl + t” e novamente o botão direito, dessa vez sobre o shape, e escolha “Distort”, aí, selecione as pontas superiores de seu shape e movimente de forma que a perspectiva da base, faça sentido:

image_31

Passo 13

Mais uma vez, deixarei a seu critério.  É muito importante pra mim que vocês, acima de tudo, saibam o que estão fazendo perfeitamente e não só seguindo os passos.

Aqui, peço que façam vários shapes retangulares e, usando a técnica que ensinei acima, movimente cada ponta para uma determinada posição. Abaixo, segue minha versão e sugestão:

image_24

Alterei a cor de alguns para dar mais veracidade a luz/sombra. Agora usando a mesma ferramenta de shape faça novos retangulos, porem, em preto ou cinza escuro.

Se preferir, use a “Pen Tool” para adicionar novos pontos ou criar shapes mais personalizados:

image_25

Passo 14

Jogue a camada para trás:

image_26

E então vá em “Filter” > “Blur” > “Gaussian Blur”.  Vai aparecer uma mensagem, avisando que irá rasterizar seu shape. Escolha a opção: “OK”.

image_27

e em “Radius” deixe 2,5.

Passo 15

Pressione o botão “Add layer mask”:

image_28

Passo 16

Clique sobre a ferramenta “Gradient Tool”:

image_29

Passo 17

E crie um degrade. A posição fica a seu critério. Lembre-se que estamos criando uma sombra.

image_30

Dica: Utilize a ferramenta “Brush Tool” para corrigir sua sombra.

Passo 18

Altere sua espessura e força. Faça pequenas correções em sua sombra. Ah, claro, não se esqueça de que a cor deve ser em branco, pois subtraí a cor do shape na mascará.

image_32

Abaixo as sombras que criei usando a técnica anterior:

image_33

Passo 19

Utilizando a ferramenta “Pen Tool” crie pequenas formas nos cantos de alguns cartões como abaixo:

image_34

Com isso, criamos pequenos “volumes” em nossos cartões tornando o resultado mais satisfatório.

image_36

Abra o cartão que você quer aplicar no template:

image_37

Passo 20

Escolha qual shape você quer editar primeiro. Em seguida, note que ele possui um desenho em seu canto inferior direito, como abaixo. Clique duas vezes sobre esse ícone para editar seu conteúdo.

image_38

Passo 21

Arraste a arte do seu cartão para a frente do nosso template e vá encaixando até ele ficar completamente a frente de nosso cartão:

image_39

Note que esse arquivo possui a extensão psb:

image_40

Bem, feito isso clique no “x” para fechar o arquivo psb e salve-o.

Voilá!

image_41

Repita o processo em seus outros shapes:

image_42

A grande “mágica” disso tudo é utilizar o recurso “smart object”, isto é, para alterar o conteúdo do shape, basta clicar duas vezes sobre seu icone (Passo 20), e alterar a vontade sua arte. Assim, na próxima vez que você precisar apresentar um projeto, basta trocar a arte do cartão.

Abaixo com algumas mudanças mas usando a mesma aula:

image_43

Aqui alguns outros exemplos que encontrei, que utilizam essa mesma técnica:

image_44

image_45

Download dos psds de nossa aula: http://www.4shared.com/zip/07Xl5Sxt/mockup.html

Fonte: iMasters

Postagens Relacionadas