6 Razões pelas quais o Web Designer deve conhecer Programação

6-razoes-pelas-quais-o-web-designer-deve-conhecer-programacao

 

Ao ler o título deste post, o nobre leitor deve estar se perguntando “Ora, Brunolovisky, Web Designer tem que conhecer Fireworks, Photoshop, que história é essa de conhecer programação? Cada um no seu quadrado, não é mesmo?”. Bem, é e não é. Explico o porquê.

Também sou defensor do web designer fazendo design e programador fazendo programação. O melhor, sem dúvida é cada um focado em seu trabalho. Mas não podemos negar que o web designer interfere no trabalho do programador e o programador interfere no trabalho do web designer. Logo temos um meio de campo onde ocorre convergências de conhecimento. Porém quando um não tem conhecimento sobre o trabalho do outro, essa convergência fica bastante complicada.

Portanto, não custa nada ao Web Designer saber um pouco de programação. Isso poderá destacá-lo em relação a outros web designers. O designer americano Ryan Burrel enumera 6 razões para que você, web designer, conheça um pouco mais sobre programação. Essas razões, claro, trago aqui para o nosso blog supimpa e eu, Brunolino, assino embaixo. Vejamos…

1. Um melhor XHTML

Saber escrever seu próprio XHTML compatível com os padrões fará de você um valioso profissional em qualquer equipe web. Fala-se tanto em PHP, .NET, Ruby, etc que as pessoas acabam esquecendo que no final tudo acaba em HTML pois é isso que o navegador realmente entende. Quanto mais você conhecer o meio em que trabalha. melhor você vai trabalhar nesse meio. E perceba, o HTML é o que nos une ao programador e vice-versa. É aí que mora a convergência.

2. Um melhor SEO

Quando falamos de código seguindo os padrões devemos mencionar o SEO. Se você pode aprender a escrever seu próprio código você estará mais preparado a utilizar técnicas de SEO e assim ficar melhor posicionado nas buscas.

3. Uma melhor Acessibilidade

Um código melhor e melhor SEO = melhor acessibilidade. Parte do trabalho do web designer é facilitar a informação, apresentando o conteúdo de forma clara e coerente e quando falamos de Web isso não é trabalho apenas para a parte visual. Um site mal codificado pode ser um pesadelo para a navegação, ainda mais se você tiver alguma necessidade especial ou então utilizando um celular.

Aprender um pouco de programação permite que você tenha esse conhecimento como parte de seu conjunto de habilidades, que também irá ajudá-lo a escolher as melhores maneiras de projetar pensando em acessibilidade.

4. Um melhor uso do lado esquerdo do cérebro

Você como Web Designer trabalha muito o lado direito do cérebro. Mas trabalhar o lado esquerdo pode ser um exercício a outros tipos de criatividade. Aprender a escrever seu próprio código abre novos caminhos de expressão. Desenvolvendo sua capacidade técnica e analítica você podera melhorar a criação de design de informação, desenvolvimento de wireframes e design de interação. E quem sabe, poderá melhorar aquela sua pedra no sapato, a matemática.

5. Uma melhor Comunicação

É fácil se perder no jargão técnico usado por programadores, simplesmente porquê você nunca foi exposto a realidade do programador. Experimentar a programação irá permitir a você a familiarização com a terminologia usada por programadores em uma conversa sobre construção de sites. Ser capaz de falar a linguagem do programador irá ajudar quando você precisar se comunicar com um desenvolvedor ou gerente de projeto.

6. Um melhor Design

Conhecer os fundamentos do design, tipografia, teoria de cor, composição, etc, são habilidades fantásticas e extremamente importantes para todo Web Designer. Mas se você quiser se destacar é necessário também conhecer outros assuntos ligados ao desenvolvimento web. Pintores, por exemplo, aprendem sobre os tipos de tela, a composição química da tinta, as cerdas de melhor qualidade para que assim possam desenvolver uma pintura melhor. Com o Web Designer não é diferente: aprenda o código que vai ser melhor para você.

Fonte: Bruno Ávila

Postagens Relacionadas